Otalinks

Otalink #28

Olá! Como vocês estão?

Eu estou bem, apesar de ter levado um susto por ter perdido minha carteira quando estava indo para a Brasil Game Show, mas existem pessoas boas nesse mundo,uma alma caridosa devolveu minhas coisas. Ainda há esperança!
O evento foi bem maneiro apesar das fila enormes para jogar os lançamentos, mas isso já era de se esperar, como eu tava com preguiça de esperar só joguei fliperama, pinball e o indie game de Holy Avenger, leia a minha prévia desse jogo aqui.

Agora os links:

  • Eu reservo o tópico desse post pra mim mesmo! Comprei o Visual Novel Steins;Gate que saiu esse mês na Steam e resolvi fazer uma live, confira abaixo:

Então o que você acharam do “game”? E do vídeo? Essa foi a primeira vez que eu publico uma live, mas criticas são muito bem-vindas.

  • Outro vídeo, mas agora o trailer da animação de Koe no Katachi (A Silent Voice), uma história que me emocionou bastante, o mangá é 10! Estou muito ansioso pelo longa.

É tá em japonês…mas só pra você ter uma ideia, a trama aborda bullying, deficiência auditiva, identidade de gênero, romance e amizade. Extra: A pequena sobrinha do protagonista é mestiça japonesa/brasileira.

  • Para finalizar, o Otaku USA fez uma entrevista com Dai Sato e Shinichiro Watanabe (em inglês), caras que já trabalharam em  Cowboy Bebop e Space Dandy, na conversa, entre diversas coisas, eles falam sobre as mudanças na produção e distribuição que ocorreram nesses anos e como as músicas da banda Sigur Rós fizeram surgir o anime Terror In Resonance.
  • E já que toquei nesse assunto de animes antigos, esse link do PT Anime ( PT de Portugal e não daquele partido politico) traz diversas imagens que exemplificam a evolução dos traços nos desenhos do Japão.

Eu até tenho mais links para colocar, porém vou guardar pro próximo otalink. Até lá!

 

Otalink #27

Olá, como vocês estão? Bora pros links?!

  • Eu estou aprendendo japonês e não tá sendo fácil, eu não sou bom em aprender coisas sozinho, mas estou usando esse dois links pra estudar: Primeiro curso oferecido pela NHK, muito bom e divertido! Também tem o livro Desvendando a Língua Japonesa que é gratuito e já está me ajudando.
  • Eu não devo ter escrito por aqui, mas eu gosto de moda e acho muito legal quando misturam anime e vestuário. Uma das coisas que eu mais curtia no Bleach era os diferentes figurinos que os personagens usavam nas artes. Aqui alguns tumblr de exemplo: Naruto x Fashion, Old Anime Fashion, Anime X Fashion. E falando em tumblr do Yoroshiku!!
  • O Só mais um Aleatório está fazendo uma série de post com links de outros blogs que falam de otakices, confira lá!
  • Como dizem tem louco pra tudo. Alguns curtem adesivar seus carros com lindas garotinhas kawaii e isso é chamado de Itasha, veja mais nos links: 1, 2 , 3. (em inglês) Você teria coragem? Qual personagem você colocaria no seu carro?

Itasha , carro

  • Agora saindo do foco, quero deixar o link de uma premiação bem maneira, o Webby Awards (em inglês), provavelmente o maior prêmio da interwebs, na página conheci coisas interessantes, principalmente os documentários, vai dá uma olhada.
  • Agora esse vídeo que eu achei bem curioso, nele temos uma noção de como os chineses são trolladores e adoram colocar apelidos nas celebridades (em inglês):

Até a próxima!

Otalink #26

As Olimpíadas é muito dahora! Melhor evento, vai dar saudade, mas não fiquemos tristes, porque Tokyo 2020 aí vamos nos!

Vamos para os links, não! Dessa vez muitos vídeos:

  • Descobri o app Anime Animo, uma rede social para otakus, não tinha me interessado, mas estou dando um chance. Se quiser saber mais veja esse vídeo do Só mais um aleatório.

Me add: Dan_SM

  • No youtube existem vários vídeos de história horripilantes que ocorreram em eventos de animes, esse é o meu favorito:

E você já viveu algum momento aterrorizante em um evento nerd?

  • Shokugeki no Souma é o Master Chef dos animes e eu fico babando nas comidas, então eu tive de procurar pelas receitas e achei alguns brasileiros reproduzindo os pratos, dê uma olhada:

Cara, eu acho cozinhar o máximo, um dia eu vou fazer pelo menos um curso de culinária.

  • A Pepsi do Japão fez vários comerciais, mega produzidos, até o Jude Law está lá e a nos links abaixo a ANN dá uma explicada neles que estão em japonês e contam de uma forma diferente a lenda de Momotoro, um menino nascido de um pêssego, que com a ajuda de um macaco, um cão e um faisão, luta contra um monstro, um Oni. Link 1 Link 2 (em inglês)

Bem, isso é tudo por enquanto…

Otalink #25

Eu estou tão focado em terminar a 2ª parte das Primeiras Impressões do animes da temporada que perdi o dia de postar os links, então vamos lá!

  • AKIRA, uma das minhas animações favoritas serviu de inspiração pra muita gente, confira você mesmo:

Agora deixa eu voltar as escrever sobre os animes do verão japonês.

Otalink #24

Olá! Como estão?

Eu estou bem, foi uma semaninha bem normal.A única coisa fora do esperado foi o Esquadrão Suicida, a critica realmente não gostou, mas o que me fez quase não assistir o filme no cinema foram os comentários dos meu amigos e colegas que curtem a mesma coisa que eu. Mas como me chamaram pra ver, eu fui de coração aberto.

E não é tão ruim, com uma trilha sonora animal ele leva uma nota 6,5. Pra botar lenha na fogueira Marvel X DC, eu considero Esquadrão Suicida melhor que os filmes do Thor, o Homem de Ferro 3 e o 1º Capitão América.
Eu tó morrendo de vontade de escrever mais sobre Esquadrão Suicida, mas vai ficar para um outro post.

  • Falando de super-heróis agora: a diferença entre o modo que os seres superpoderosos são tratados nos quadrinhos japoneses e estadunidenses é interessante. Enquanto os mangás tratam o  registro e controle governamental com naturalidade, nas hqs esse assunto é sempre polêmico. O texto do Nik Freeman na ANN traz até a visão do armamento civil que os dois países tem para a discussão.(em inglês)
  • O Wesley Chen do Troca Equivalente chega a tocar nesse assunto, mas com um foco na tendência de super-heróis nos quadrinhos orientais.
  • Amelia Cook escrevendo para Mary Sue me fez perceber que existem dois tipos de fanservice: um, realmente feito para qualquer fã, tipo uma referencia e outro que é um “subtipo”, que podemos chamar de manservice e eu como um homem hétero nunca realmente tinha me ligado nisso. Claro que não só os animes e mangás objetificam as mulheres, praticamente todos os produto de cultura pop são machistas. A autora mostra formas de lidar com essa situação e parar de simplesmente aceitar essa situação. (em inglês – NSFW)

Putz, já escrevi de mais, então eu me despeço e deixo um presente:

Totoro, jumento, studio Ghibli

Agora você também está amaldiçoado! BWAHAHAHA