Crunchyroll

Yamada-kun to 7-nin no Majo

Resenha – Yamada-kun to 7-nin no Majo Dublado [Anime]

A alguns meses atrás o serviço Crunchyroll anunciou que iria disponibilizar animes dublados em português e outros idiomas e os títulos escolhidos foram: Rokka no Yuusha, Yamada-kun to 7-nin no Majo e Schwarzes Marken. E as versões estrearam dia 16 de novembro, com recepções dividas.

Dos animes com dublagem eu só assisti Yamada-kun to 7-nin no Majo (Yamada-kun and the Seven Witches), histórias que eu já tinha começado a acompanhar pelo mangá que eu gostei muito, mas deixemos o quadrinho para outra oportunidade.

Yamada-kun-to-7-nin-no-Majo coverMídia Original: Mangá
Criadora: Miki Yoshikawa ( Yankee-kun to Megame-chan)
Gênero: Romance, Comédia, Escolar
Estúdio:  LIDENFILMS (Arslan Senki, Terra Formars)
Diretor: Kazuya Sakamoto
Episódios: 12

Yamada é um estudante com má fama e evitado por todos até trombar com a, aluna modelo, Urara Shiraishi e acabarem mudando de corpo com um beijo. E em meio a uma disputa pela presidência do conselho estudantil, outros personagens se juntam ao grupo a procura das outras sete meninas com beijos mágicos.

Resenha Yamada-kun to 7-nin no Majo

A trama é nos moldes de muitas histórias de romance colegial japonês, mas o beijo que costuma acontecer sempre no final da série, aqui rola direto. Pique Micareta!

Yamada-kun to 7-nin no Majo_YamadaXUrara kisses

(mais…)

Anúncios

OTALINK #35

Olá.
Procrastinação é osso! Se sempre fica arrumando desculpa, “minha casa tá em reforma”, “tenho de estudar” e etc. Mas aqui estou eu novamente tentando colocar ordem na vida e nesse blog.

  • Aqui alguns links de matérias  sobre o mal ou o bem que o Crunchyroll, Netflix e outros serviços de streaming podem trazer ao mercado de animes. 1 e 2
  • E também uma discussão em três blogs (Dissidência Pop, Finis Geekis e É só um desenho) sobre os efeitos da pirataria cultural.
  • Recomendo uma olhada no site: Queer as Geek , que acredito dar uma visão não heteronormativa sobre cultura pop.
  • Um japonês tirou uma foto do fim do arco-íris, mas não tinha nenhum tesouro, ou será que era o começo? Visto no Rocket News 24

OTALINK #30

Olá, como foi essa ultima semana pra vocês?
Pra mim foi ótima! Rolou minha Colação de Grau e nossa fiquei felizão. (lágrimas)
Agora sou oficialmente um jornalista!!

E isso me deixou super empolgado de escrever aqui no blog, vou fazer uma rotina de post, aprender a editar vídeos, fotos e essa bagaça vai ir pra frente!

Vamos para os links:

  • Vi lá no Mais de Oito Mil uma esquete do melhor programa atual da globo o Tá no ar, onde eles tiram um sarro com os Tokusatsus. Falando nessas galhofas alguém vai assistir Power Rangers?
  • Eu nunca pensei tão seriamente em Sakura Card Captors, como o post do Delirium Nerd, um site que eu to gostando muito, me fez pensar.
  • Ainda sobre textos mais profundos sobre animes, no(a) Vice (inglês) Ranma 1/2 foi abordado como um meio que ajudou a autora em sua identificação de gênero (inglês). Eu nunca tinha realizado que o Ranma é um garoto cisgénero que se transforma em uma garota homossexual, ele se vê preso em um corpo no qual não se identifica e odeia.
    Muito interessante. Espero que traduzam logo pra versão BR do site.
  • Um dos concorrentes do Crunchyroll é o Daisuki que até funciona aqui no Brasil, mas eu não recomendo, tem poucos animes e nem todos tem legendas em pt-br. Mas agora talvez as coisas mudem, o serviço que era comandado por varias empresas vai ser comprado pela Bandai Namco, mais detalhes aqui e aqui (inglês). Se acha que agora o Daisuki deslancha?
  • Netflix que continua atirando pra todos os lados, algumas vezes acertando outras errando feio, logo logo teremos duas produções baseadas em obras japonesas. Uma é uma nova adaptação de Devilman em anime, uma obra bem sinistra e com uma violência acima da media. A outra é o live-action de ERASED (Boku dake ga Inai Machi), um anime sensação de umas temporadas passadas. Ainda não assisti, mas tá na minha lista. Quais as suas expectativas?
  • A Otaku USA Magazine trouxe essa lista dos live-action de animes/mangás (inglês) que deixaram os japoneses mais chocados. Então saca só esse trailer da adaptação ocidental de Fist of the North Star (Hokuto no Ken)! É uma mistura muito errada de filmes de porrada, Aventureiro do Bairro Proibido e Mad Max.


Depois dessa tosquera não dá nem pra continuar.
Spider Jerusalem, Transmetropolitan, Graphic Novel

Animes da Temporada de inverno 2015 – Julgando pela Capa Parte 1

Antes de dizer se um anime ou seriado é bom ou ruim, eu sempre assisto de três a cinco episódios, mas a alguns dias foram divulgados os animes da temporada de Inverno, sendo mais de 30 títulos e eu com certeza não vou conseguir, e não quero, assistir todos eles. Então serei preguiçoso e inspirado no Chromatic Aberration Everywhere vou julgar os animes pelas “capas” e títulos.

Usando a tabela do Anichart vou dar minhas impressões sobre as obras e se pretendo assistir ou não.

Vamos lá!

(mais…)