Animes

Resenha: Trese

capa TRESE netflix

Eu encontrei essa obra enquanto buscava um anime de terror e encontrei algo realmente interessante e diferente. Trese é uma animação em estilo anime da Netflix, baseado em uma história em quadrinho Filipina.

HQ TRESE

A animação é dos estúdio Lex+Otis que tem planos para fazer um desenho de Army of Darkness e do game ARK. A arte é OK, talvez um pouco abaixo de Castlevania, porém com cenas de a ação é muito boas e fluidas.

O idioma padrão da série é inglês, mas por causa da colonização espanhola da Filipinas, algumas palavras e nomes em espanhol aparecem no meio dos diálogos. Isso e o clima, literalmente clima tropical, faz que Trese lembre a América Latina.

Na trama seguimos Alexandra Trese, uma guardiã que tenta equilibrar o mundo dos vivos e o espiritual, enquanto ajuda a polícia em casos sobrenaturais. Alexandra tem de seguir as tradições familiares lidando com deuses, criaturas místicas e seus parceiros, os irmãos gêmeos Crispin e Basilio, que servem muito como alivio cômico, no meio da violência e o leve gore do desenho.

Trese lembra um pouco Cidade Invisível e Deuses Americanos, onde deuses e seres fantásticos se misturam com os mortais. E esse é um dos aspectos mais interessantes pra mim, eu gosto muito de conhecer mitologias diferentes, e o design dessas entidade são bem legais e variadas.

TRESE Netflix

São apenas 6 episódios, o que é o bastante para se importar com os personagens, te deixar cheio de dúvidas e curioso com o folclore da região. Mas o maior obstáculo da série é que ela é muito especifica ao país, e assim como Cidade Invisível, a trama não tem um apelo global.

Mas o bom da Netflix é essa globalização e Trese ficou entre o top 10 shows da Netflix em 19 países no mês de estreia, inclusive nos Estados Unidos e foi uma das maiores nas Filipinas.

Alexandra TRESE Netflix2

Dos “animes” da Netflix só assisti esse e um pouco de Castlevania, e eu acho Trese muito superior e envolvente. Estou torcendo para uma segunda temporada.

RESENHA – CHARLOTTE [ANIME]

charlotte-capa1

Criador: Jun Maeda (Angel Beats!
Fonte: Original
Gênero: Drama, escolar, ação, super poderes
Estúdio: P.A. Works (Angel Beats, Another, Shirobako e Canaan)
Diretor: Yoshiyuki Asai
Episódios: 13 episódios
Ano: 2015

Yuu estava levando a boa vida assim que dominou a habilidade de entrar no corpo de outras pessoas e claro que ele usa seu poder da pior forma possível.

Charlotte_Otosaka-Yuu-is-a-jerk2

Até que a misteriosa garota Nao com super poderes tenta recrutar Yuu.

*CUIDADO! Contêm spoilers!*

(mais…)
Boruto Anime

Primeiras Impressões – Boruto [Anime]

Eu demorei para assistir Boruto de propósito, acabei Naruto Shippuuden a pouco tempo e não estava muito afim de voltar para aquele universo tão cedo, mas não consegui segurar a curiosidade.

Boruto

 

(mais…)

akira Kaneda bike slide

OTALINK #39

Mapa Mundi dos animes anos 90

  • Em Pacific Rim, filme de Guilherme Del Toro a atriz mirim Mana Ashida não consegui pronunciar o sobrenome do diretor então o chamava de Totoro. Que fofo!

OTALINK #37

Olá!
O que vocês estão assistindo? Eu acabei de ver a primeira temporada de O nevoeiro na Netflix, é bem fraquinho. No mesmo site assisti alguns capítulos de  Atypical, que é até divertido. Já de animes comecei a ver My Hero Academia, terminei em dois dias, to afim de começar a segunda temporada, mas vou segurar pra poder escrever uma resenha sobre a primeira parte.

  • Se existe uma cidade onde os fliperamas ainda vivem, essa cidade é Tóquio. Lá existe uma casa de jogos focada em Realidade Virtual e entre os diversos games tem Mario Kart!

Eu costumo colocar links mais atuais por aqui, mas esses já estavam a um tempinho separados, tinha me esquecido deles, tem mais, porém por hoje é só.

Redes sociais:
Página no Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
Tumblr
Flickr