adaptação

OTALINK #30

Olá, como foi essa ultima semana pra vocês?
Pra mim foi ótima! Rolou minha Colação de Grau e nossa fiquei felizão. (lágrimas)
Agora sou oficialmente um jornalista!!

E isso me deixou super empolgado de escrever aqui no blog, vou fazer uma rotina de post, aprender a editar vídeos, fotos e essa bagaça vai ir pra frente!

Vamos para os links:

  • Vi lá no Mais de Oito Mil uma esquete do melhor programa atual da globo o Tá no ar, onde eles tiram um sarro com os Tokusatsus. Falando nessas galhofas alguém vai assistir Power Rangers?
  • Eu nunca pensei tão seriamente em Sakura Card Captors, como o post do Delirium Nerd, um site que eu to gostando muito, me fez pensar.
  • Ainda sobre textos mais profundos sobre animes, no(a) Vice (inglês) Ranma 1/2 foi abordado como um meio que ajudou a autora em sua identificação de gênero (inglês). Eu nunca tinha realizado que o Ranma é um garoto cisgénero que se transforma em uma garota homossexual, ele se vê preso em um corpo no qual não se identifica e odeia.
    Muito interessante. Espero que traduzam logo pra versão BR do site.
  • Um dos concorrentes do Crunchyroll é o Daisuki que até funciona aqui no Brasil, mas eu não recomendo, tem poucos animes e nem todos tem legendas em pt-br. Mas agora talvez as coisas mudem, o serviço que era comandado por varias empresas vai ser comprado pela Bandai Namco, mais detalhes aqui e aqui (inglês). Se acha que agora o Daisuki deslancha?
  • Netflix que continua atirando pra todos os lados, algumas vezes acertando outras errando feio, logo logo teremos duas produções baseadas em obras japonesas. Uma é uma nova adaptação de Devilman em anime, uma obra bem sinistra e com uma violência acima da media. A outra é o live-action de ERASED (Boku dake ga Inai Machi), um anime sensação de umas temporadas passadas. Ainda não assisti, mas tá na minha lista. Quais as suas expectativas?
  • A Otaku USA Magazine trouxe essa lista dos live-action de animes/mangás (inglês) que deixaram os japoneses mais chocados. Então saca só esse trailer da adaptação ocidental de Fist of the North Star (Hokuto no Ken)! É uma mistura muito errada de filmes de porrada, Aventureiro do Bairro Proibido e Mad Max.


Depois dessa tosquera não dá nem pra continuar.
Spider Jerusalem, Transmetropolitan, Graphic Novel

OTALINK #29

Olá! A quanto tempo, né?
Eu estava meio que surtando com o meu TCC, mas está tudo bem agora! Sem mais delongas, vamos voltar ao funcionamento normal.

Nesse mês rolou a 3ª edição da CCXP, que foi muito maneira! Os caras acertaram criando a área “Anime Experience”, que apesar de pequena, era aonde estava localizada as 12 Armaduras de Ouro dos Cavaleiros dos Zodíacos, com certeza um dos espaços mais lotados, acredito que agradou os fãs da cultura pop japonesa gostaram muito dessa consideração.
Dessa vez eu apertei o cinto e resolvi não gastar muito, mas comprei uns mangazinhos, depois eu faço um vídeo.

Vamos aos links:

  • Vários teasers e imagens de divulgação sobre live-actions saíram nessa ultima semana, mas o que está dando o que falar é a adaptação hollywoodiana de Naruto. Eu não entendo essas escolha de adaptação, existem tantos outros títulos possíveis e mais simples de adaptar…
  • O OtakuPT fez uma matéria sobre o premiado mangá ECHOES  que trata de sexualidade com um fundo de esporte, mais especificamente a questão transgênera. E eu fiquei realmente curioso, vou da uma lida.
  • A patinadora Medvedeva uma grande otaku e é obvio que ela iria pirar no anime de patinação no gelo Yuri!!! on Ice. O inusitado é que em uma apresentação da atleta, um fã lhe deu uma pelúcia de bolinho de arroz, assim como a do protagonista do anime, leia mais aqui.

Até mais e lembre-se: Take care of yourself

Otalink #28

Olá! Como vocês estão?

Eu estou bem, apesar de ter levado um susto por ter perdido minha carteira quando estava indo para a Brasil Game Show, mas existem pessoas boas nesse mundo,uma alma caridosa devolveu minhas coisas. Ainda há esperança!
O evento foi bem maneiro apesar das fila enormes para jogar os lançamentos, mas isso já era de se esperar, como eu tava com preguiça de esperar só joguei fliperama, pinball e o indie game de Holy Avenger, leia a minha prévia desse jogo aqui.

Agora os links:

  • Eu reservo o tópico desse post pra mim mesmo! Comprei o Visual Novel Steins;Gate que saiu esse mês na Steam e resolvi fazer uma live, confira abaixo:

Então o que você acharam do “game”? E do vídeo? Essa foi a primeira vez que eu publico uma live, mas criticas são muito bem-vindas.

  • Outro vídeo, mas agora o trailer da animação de Koe no Katachi (A Silent Voice), uma história que me emocionou bastante, o mangá é 10! Estou muito ansioso pelo longa.

É tá em japonês…mas só pra você ter uma ideia, a trama aborda bullying, deficiência auditiva, identidade de gênero, romance e amizade. Extra: A pequena sobrinha do protagonista é mestiça japonesa/brasileira.

  • Para finalizar, o Otaku USA fez uma entrevista com Dai Sato e Shinichiro Watanabe (em inglês), caras que já trabalharam em  Cowboy Bebop e Space Dandy, na conversa, entre diversas coisas, eles falam sobre as mudanças na produção e distribuição que ocorreram nesses anos e como as músicas da banda Sigur Rós fizeram surgir o anime Terror In Resonance.
  • E já que toquei nesse assunto de animes antigos, esse link do PT Anime ( PT de Portugal e não daquele partido politico) traz diversas imagens que exemplificam a evolução dos traços nos desenhos do Japão.

Eu até tenho mais links para colocar, porém vou guardar pro próximo otalink. Até lá!

 

Resenha: O Estranho Mundo de Jack – Mangá

o-estranho-mundo-de-jack-editora-abril-relancara-manga-em-fevereiro-1

A meses atrás postei sobre o relançamento do mangá de O Estranho Mundo de Jack pela Editora Abril, responsável pelos quadrinho da Disney, publicado anteriormente pela Panini em 2007, esse é só um dos diversos títulos dessa empreitada DisneyXMangá nas bancas.

(mais…)

Sobre Whitewashing, Ghost in the Shell e o cast de Attack On Titan Live-Action

Infelizmente a criatividade no filmes americanos está se tornando cada vez mais rara, mais da metade dos filme hollywoodianos são adaptações de quadrinhos, peças de teatro, vídeo games, desenhos animados, livros e até jogos de tabuleiros; talvez agora seja a vez dos animes e mangas caírem nas graças (ou desgraça) dos estúdios dos Estados Unidos.

(mais…)