Capa Oshiete!Galko-chan anime

Resenha: Oshiete!Galko-chan

Oshiete! Galko-chan é um anime de Dia a Dia (slice of life) escolar de humor, mas diferentes dos vários títulos do mesmo gênero, este tem como foco perguntas sobre o corpo feminino e sexo. E quem fala sobre esses assuntos são essas três inusitadas amigas:

Galko:Oshiete!Galko-chan gif

Garota kogal, com saia curta, cabelo tingido, pele bronzeada, unhas feitas e maquiagem. Galko não é ingênua, sabe o que o jeito que se veste faz as pessoas pensarem que ela é vadia, passando a ideia de ser sexualmente experiente, porém ela “Decidiu Esperar”.

Otoko:Oshiete!Galko-chan_Otako gif

A nerd, inteligente que gosta de importunar protagonista com perguntas indiscretas, mas em alguns casos acaba mais embaraçada que a vítima. As vezes ela pode ser bem insensível e no passado foi incrivelmente rude com a Galko, julgando-a por sua aparência.

Ojou:Oshiete!Galko-chan_Ojou gif

Menina rica e avoada. Ela é tipo a vela das duas acima, mas ela se esforça para se enturmar com elas, o que costuma dar bem errado.

(mais…)

Anúncios

OTALINK #37

Olá!
O que vocês estão assistindo? Eu acabei de ver a primeira temporada de O nevoeiro na Netflix, é bem fraquinho. No mesmo site assisti alguns capítulos de  Atypical, que é até divertido. Já de animes comecei a ver My Hero Academia, terminei em dois dias, to afim de começar a segunda temporada, mas vou segurar pra poder escrever uma resenha sobre a primeira parte.

  • Se existe uma cidade onde os fliperamas ainda vivem, essa cidade é Tóquio. Lá existe uma casa de jogos focada em Realidade Virtual e entre os diversos games tem Mario Kart!

Eu costumo colocar links mais atuais por aqui, mas esses já estavam a um tempinho separados, tinha me esquecido deles, tem mais, porém por hoje é só.

Redes sociais:
Página no Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
Tumblr
Flickr

Divulgação – Heromix 2017

A Associação Nipo Brasileira da cidade de Mauá, no ABC paulista, localizada na Rua Mirassol, 113 – Jardim Pedroso, vai sediar o evento Heromix no dia 17 de setembro das 10h às 18h30.

Evento Heromix 2017, Mauá

A Heromix terá entre as atividades um Concurso Cosplay com premiação em dinheiro, área de artistas e escritores, palestra com o cartunista Macartti, youtubers, exibição de luta livre, hapkido, a apresentação do rapper Yannick com seu EP “Também conhecido como Afro Samurai” e mais.

Veja aqui a lista completa de atividades, convidados e clubes!

O ingresso custa R$ 15,00 e pode ser adquiridos on-line nesse link ou em alguns postos de vendas:

School Tec Cursos
Rua General Osório, 151 – Centro- Mauá (11)3420-0309

Animáfia Geek Store
Rua Campos Sales, 58 – Loja 27 – Centro –  Santo André
Telefone: (11)4319 -3255 / Cel(11) 96846-9076

Avalon Animes
Mauá Plaza Shopping Loja S05 – Subsolo próximo ao
Hipermercado Extra – Avenida Governador Mario
Covas – Mauá Tel (11) 4547-3771
Aberto de segunda a sábado das 10h as 22h

Universo Anime
Rua Galvão Bueno, 40 – Liberdade – São Paulo
Loja 309 – 3º Andar – Sogo Plaza
Telefone: (11)95774-1219 / (11) 3271-7935

OTALINK #36

Bem nesses últimos dias tivemos o lançamento do polêmico live-action de Death Note produzido pela Netflix, que pelo menos pra mim, um cara que não é fã do anime, vi com bons olhos. O esquema é sempre pensar positivo e acreditar que poderia ser pior, tem gente comparando com Dragon Ball Evolution, o que eu acho um exagero, mas ainda não é hora da minha critica ao filme.

Redes sociais:
Página no Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
Tumblr
Flickr

Resenha – Corpse Party: Live-Action

Capa: Corpse Party - Live Action; terror japonês, filme B, cinema japonês, filme japonês

Conheci Corpse Party a pouco tempo, graças a gameplays no Youtube e os mangás da New Pop, mas a franquia foi lançada em 1996 como game de Survival Horror feito em RPG MAKER de forma amadora por Makoto Kedoin e o Team GrisGris.

Corpse Party fez um grande sucesso, ganhou muitas continuações e portado para diferentes plataformas de games. O jogo está disponível no disponível no Steam, GOG e outras.

Logo em seguida foi adaptado animes e live-actions também.
E é sobre o primeiro filme “Corpse Party” de 2015, disponível na Netflix, que essa resenha vai tratar.

(mais…)