shorts

Resenha – World Fool News

wfn

Produtora: Comix Wave Films

Gênero: Comédia, Slice of life

Diretor: Yu Mashino

Episódios: 12

O apresentador Ichiro Takahashi foi transferido para um programa matutino, World Fool News, com a menor audiência do canal, famoso pelas esquisitas pessoas que trabalham na produção, os episódios de 10 minutos mostram o dia-a-dia desses personagens.

Resenha:

A serie tem um ótimo tom de humor nonsense, vários trocadilhos, diálogos absurdos, noticias bizarras, por exemplo, uma reportagem sobre um Fóssil de dinossauro estar posando para uma câmera fixa.

Os personagens são carismáticos, a Kanae, que também apresenta o programa, está sempre alegre e positiva, impossível não gostar dela, a dinâmica entre o Diretor Usui e do assistente Moruyama, é um bromance, “eles são mais que amigos, mas menos que um casal” e um camera-man que está sempre bêbado. Como comentaristas tem um Super Bebe administrador, um fissurado em conspirações e um coitado que nem consegue falar.

images

Com 12 capítulos, eles desperdiçam um deles com uma retrospectiva e no fim dá vontade de ver mais. A parte gráfica é boa, simples, mas bem feita, as cores chamam a atenção, a trilha sonora, na maioria das vezes um Jazz, também é bem legal.

Assista no Crunchyroll

Fonte: Anime-Planet, MyAnimeList

Resenha – Lychee Light Club

maxresdefault (1)

Produzido pela Kachidoki Studio, o anime é baseado no mangá escrito e desenhado por Usamaru Furuya, que por sua vez é baseado em uma peça de teatro underground.

Litchi De Hikari Club, mostra um grupo de 9 garotos que planejam dominar o mundo, mas enquanto isso não acontece, eles gastam o tempo com reuniões e pequenas discussões, onde cada integrante mostra sua personalidade e arquétipo. Existe também um robô movido a Lichia, responsável pelo rapto de uma garota chamada Kanon, que é mantida refém pelo grupo.

No estilo Chibi esse anime curtinho tem 8 episódios, com uma media de 3 minutos cada, tem um estilo sóbrio, uma trilha sonora de Rock da banda Penicillin, com direito a participação do vocalista Hakuei.

O anime é bem repetitivo, os diálogos são bem rápido, mas, por fim eu gostei, é um bom passatempo e o ultimo episódio deixa uns mistérios que me deixaram querendo ver mais. Eu vou dar uma olhada no mangá, que tem traços bem diferentes.