Outra Dimensão

OUTRA DIMENSÃO: Resenha – EU MATO GIGANTES

Eu mato gigantes, image comics, Editora New Pop, joe kelly

Título Original: I kill Giants
Autoria: Joe Kelly
Arte: JM Ken Niimura
Editora Original: Image Comics
Editora Nacional: New Pop
Gênero: Aventura, psicológico
Tradução: Fábio Garcia
Classificação: +16
Volume Único
Páginas: 208
Preço: 39,90

Este é o segundo post da categoria Outra Dimensão, onde eu trago algo fora do meio anime/mangá, e o primeiro foi bem fora da curva, porém esse é bem mais “normal”, esse aqui é sobre uma excêntrica garota chamada Barbara, uma  menina que sempre tem resposta na ponta da língua, uma grande nerd que costuma jogar RPG e “matar gigantes”.

Eu mato gigantes, image comics, Editora New Pop, joe kelly

Apesar dos outros personagens também serem bem feitos, tanto na arte, quanto na personalidade, eles são rasos, meros coadjuvantes e tudo bem porque “Eu Mato Gigantes” foca completamente na Barbara que está passando por um momento difícil.

Eu mato gigantes, image comics, Editora New Pop, joe kelly

(mais…)

Anúncios

OUTRA DIMENSÃO: SMASHROOM Pokemon – Blitz Haus

E agora algo completamente diferente…

Fazia anos que eu não ia em uma balada (odeio essa palavra), mas eu soube dessa festa temática Pokemon pelo Facebook, resolvi chamar uma amiga e ver qual era, sexta-feira sai do trampo e me encontrei com ela.

Eu nunca tinha ido numa casa de festa na rua Augusta (São Paulo, SP), longe em parça? Mas o caminho foi tranquilo, chegamos lá tinha uma filinha, mas de boa, na nossa frente tinha um casal de Equipe Rocket, que deu uma chorada pra moça da entrada aceitar o cosplay deles.

A Blitz Haus tem três andares, no térreo ficava as mesas, no de cima mesa de bilhar, pebolim e alguns fliperamas, alguns precisam de manutenção, mas deu pra se divertir, nesse mesmo piso, com a parede forrada de posteres de desenhos antigos, acontecia um campeonato de Pokemon Stadium, até tinha pensado em jogar, mas na hora mudei de ideia…

Ai descobrimos que existia o subsolo, que era aonde rolava o fervo, a setlist era pop,indie rock e black, minha primeira vez numa festa com essa trilha, só tinha ido em casas que tocavam eletrônica, então eu curti dançar com o som de Foster the People, Kings of Leon e outros. Mas o legal mesmo é não me sentir deslocado no meio daquelas pessoas com camisetas de super-heróis, animes, games e bandas de rock, e as bebidas que tinha o preço na media deixava tudo melhor, ainda mais quando você economiza chupinhando a bebidas dos seus novos amigos de balada ;)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Bruno Campo Protoghaphy / Blitz Haus

Por fim, tirando minha amiga ter ficado bêbada, vomitado, perde o celular( e recupera-lo), foi realmente um rolê bem maneiro e dançar ao Rap Pokemon não tem preço.

Nos últimos meses houve outras SMASHROOM com tema do Game of Thrones, Harry Potter e nessa sexta (24/06/2016), a Party vai ser Hard com Jake e seu amigo Finn.

giphy

E você curtiu? Tem alguma festa nerd maneira pra compartilhar pra rapaziada?