Eventos

Cobertura – UP!ABC: Heróis X Vilões

 

up-abc-1_89e868c4

Dia 6 e 7 de maio de 2017 mais um UP!ABC aconteceu na cidade de Santo André, depois de uma ótima edição de aniversário de 10 anos no primeiro semestre de 2016 e uma bem mais fraca no segundo semestre do mesmo ano, o evento mesmo com alguns problemas, parece que retornou a sua antiga forma com a volta do palco principal e a melhor utilização dos espaços.

(mais…)

Up!ABC 2017: Heróis X Vilões

Dia 6 e 7 de maio, o Up!ABC acontecerá na faculdade Anhanguera – UniABC em Santo André (Av. Industrial, 3.330, Bairro Campestre, Santo André). O evento disponibilizara ônibus gratuitos partindo da estação de Santo André – Prefeito Celso Daniel.

Os ingressos, quem vêm junto com alguns brindes, podem ser comprados nos postos autorizados e pela internet. Para mais informações clique aqui. E levando 1 kg de alimento ou apresentando seu Documento de Estudante você paga meia entrada.

O evento trará convidados como o dublador Caio Guarnieri (Kouga de Pégaso, Doraemon), o ator/autor Felipe Folgosi com sua HQ Aurora e outros ainda não divulgados.


Esse ano a organização do evento que terá como tema: Heróis X Vilões, fez vários posts e enquetes no Facebook para saber o que o publico queria na próxima edição e parece que funcionou. Um dos pontos mais pedidos foi a volta da bandas e teremos diversos grupos de estilos diferenciados. Outro assunto que foi bastante abordado foi a infraestrutura para os cosplay, que agora terão vestiários, guarda volumes e mudanças nas premiações.

Também aumentaram a área de games, com mais de 10 jogos diferentes e campeonatos de League of Legends, Overwatch, Street Fighter V e etc.

O Up!ABC é feito pela Across Entertainment em parceria da Prefeitura de Santo André, a ONG Banco de Alimentos, com patrocino da SmartTech e a Anhanguera.

E o Yoroshiku! estará novamente cobrindo o evento!

10 anos da Editora New Pop – 2º New Pop Day: Evento e Lançamentos

Em um sábado chuvoso, 21 de janeiro de 2017,  vários fãs de mangás ocupavam um pequeno auditório em São Paulo para prestigiar o 2º New Pop Day  e esperar ansiosamente os anúncios que a Editora New Pop iria revelar nesse ano em que ela completou uma década de atuação.
O “evento”, ou melhor, o encontro foi simples mais foi de coração. Teve algumas palestras bem interessantes, venda de títulos da New Pop e da Editora Draco com descontos e um pessoal do AreaE fazendo caricaturas.

Uma das palestras que contou com a participação de membros da redação do Crunchyroll, do Suco de Mangá, do Noticias Anime United e do Urso do Video Quest, era pra ser uma discussão sobre quais seriam os pilares de um bom mangá, mas logo o foco  passou a ser como eles fazem suas resenhas e avaliações.

O tema da segunda palestra foi o No Game No Life, que até foi uma boa ideia e eu espero que, como o Júnior Fonseca, o dono da editora, falou, esses bate papo experimental sobre as séries lançadas pela empresa sejam mais comum, eles só precisam de um apresentador melhor.

A melhor palestra foi, estranhamente, a de Quadrinhos Nacionais, tanto por questão de assunto, quanto por desenvoltura dos participantes, que foram o Douglas MCT (autor de Hansel & Gretel), Fábio Sakuda ( autor de DeadZone), Raphael Fernandes (Editora Draco) e Fabrizio Yamai (escola de Desenho AreaE).

Pra fechar o próprio Júnior veio dar a situação de algumas obras que já tinham sido anunciadas como: Suicide Club (previsto para fevereiro), Pinóquio (previsão para o 1º trimestre de 2017) de Osamu Tezuka, as Comics de Tomb Raider e Halo (sem prazo). Sobre a continuidade  de No Game No Life, Fate/Zero (vol 6 previsto para junho), novel de Nº6 (que deve esperar o nivelamento com o mangá), Hetalia (previsão de termino em março), K’SIDE RED (previsto para fevereiro), Log Horizon (vol.3 previsto para fevereiro), Alice Hearts e Loveless (mudanças para trimestrais).

Falou das reimpressões de 1945, o primeiro mangá da New Pop, do Speed Racer em formato box, Jardins das Palavra e 1 Litro de Lagrimas.
Agora de novos títulos tivemos dois Yuri (romance lésbico):

Philosophia

Philosophia; Amano Shuninta; Yuri

  • Roteiro/Arte: Shuninta Amano
  • Volume Único

Sunset Orange Lips

Sunset Orange Lips; Rakuroichi, Yuri

  • Roteiro/Arte: Rokuroichi
  • Volume Único

Mais um Madoka Magica, dessa vez o The Rebelion Story

Madoka Magica - The Rebellion Story, Madoka Magica

  • Roteiro: Magica Quartet
  • Arte: Hanokage
  • 3 volumes

Do mesmo autor de Aku no Hana, o Happiness:

Happiness; Oshimi Shuzo

  • Roteiro/Arte: Shuuzou Oshimi
  • Publicação em andamento no Japão

O mangá de Clockwork Planet, do mesmo criador de No game No Life:

Clockwork Planet; Himana Tsubaki,; Kamiya Yuu; Kuro

  • Roteiro: Yuu Kamiya / Tsubaki Himana
  • Arte: Kuro
  • Publicação em andamento no Japão

Um dos meus títulos favoritos, o drama Koe no Katachi:

Koe no Katachi, A silent Voice; Ooima Yoshitoki

  • Roteiro/Arte: Yoshitoki Ooima
  • 7 volumes

E pra fechar o engraçadíssimo Great Teacher Onizuka:

GTO; Great Teacher Onizuka;

  • Roteiro/Arte:  Fujisawa Tohru
  • 25 volumes

Mas diz ai, qual foi o anúncio que mais te animou? O que você estava esperando e não tá na lista?
Pessoalmente, pela New Pop ser a única editora que tem essa fé nos Ligth Novel, eu estava torcendo pelo Bakemonogatari vir pra cá, mas estou muito contente com o GTO e principalmente com o Koe no Katachi.

E só pra finalizar com minhas inpressões do evento, acredito que o saldo foi positivo, na primeira edição do New Pop Day eu infelizmente não pude ir, gostei do bate papo e da iniciativa da editora se encontrar com o publico fora dos grandes eventos, de criar essa aproximação, acredito que eles estão no caminho certo. Que venham mais 10 anos!

Espólios do ABC Comic-con

Estou começando um canal no youtube e essas são alguma comprinhas que fiz no ABC Comic-con, um evento gratuito que aconteceu em São Caetano do Sul, no dia 7 de maio de 2016.

O evento foi muito bom, simples, pequeno, mas cumpriu seu papel, um dos méritos da convenção foi atrair um publico diferente, inclusive varias famílias. O desfile cosplay foi legal e descontraído, o Artist Alley apesar de realmente ter ficado em uma  ruela, os próprios artistas disseram que estavam tendo maior publico e vendas do que em outros eventos, o Anime Friends, por exemplo.

Então meus parabéns a todos os envolvidos e espero mais ABC Comic-con no futuro.

Links:
ABC Comic-con https://www.facebook.com/ABCCOMICCONO…

Nikkei – http://www.impactoquadrinhos.com.br/n…

Warwolf – https://www.facebook.com/projetowarwolf/

Necromorfus – https://www.facebook.com/rqtcomics/

Cobertura: Up!ABC – 10 anos

Nos dias 30 e 31 de janeiro de 2016, o evento Up!ABC comemorou dez anos!

E eu tenho um sentimento especial por esse evento, lembro de ter ido na sua segunda ou terceira edição, quando ele ainda se chamava AnimABC, rolou em um pequeno colégio particular em São Caetano do Sul. Tudo muito simples e pequeno comparado com os eventos de São Paulo, poucos cosplayers e lojinhas, mas tinha um sentimento caseiro, sabe? De conforto para os fãs de cultura japonesa da região do ABC.

Outro diferencial era que costumava ocorrer duas edições por ano e assim passaram por outros diversos locais, sempre buscando expansão.

Porém ocorreram alguns percalços, em uma edição que aconteceu no prédio da UniABC, atual local do evento, teve uma grande ventania que causou alguns acidentes e danos no prédio. Eu estava lá de frente ao palco quando vi um brinquedo infantil ser carregado pelo vento, muitos pensaram que esse seria o último AnimABC…

Um Tempo depois ocorreu uma briga entre os organizadores dividindo o evento em dois, AnimABC e o Up!ABC, o primeiro não resistiu. Mas o que importa é que esse ano os fãs de cultura pop da região e da grande São Paulo vão comemoraram os dez anos do evento, que mesmo crescendo não perdeu a sensação de aconchego e liberdade que você só tem em casa.

uniabc_02g

Agora de volta ao prédio da UniABC,  a organização aproveitou melhor o espaço, principalmente o estacionamento, onde em uma parte, ficaram as lojas de acessórios, roupas, camisetas e de mangás também, porém editoras como a Panini e a JBC fizeram falta.
Em outra a área de games, onde era possível jogar alguns títulos de luta gratuitamente, brincar no Just Dance, que infelizmente estava em um corredor estreito, atrapalhando tanto o pessoal que queria dançar e os que circulavam. Também foram realizados campeonatos de League of Legends, Smash Bros e outros.

Ainda no espaço do estacionamento, tinha a parte de alimentação, com opções bem em conta e variada. Enquanto que em outro pedaço estava o palco 2, rolando uma programação variada, com youtubers, brincadeiras e palestras.

No prédio principal, os vários andares tinham suas salas ocupados por diversos fãs-clubes, de Star Wars à Dragon Age e Homestuck.

Falando em show, o palco principal ficava no lugar mais quente do evento e só tinha dois toldos que protegeram algumas pessoas do sol, melhor que nada. Na programação teve alguns joguinhos com premiação, concursos como os toscos “A nerd mais bela” e O nerd mais pintoso”, teve também desfile de cosplay, cospobre, cosplay mirim, cosplay de Dilma e Seu Madruga.

Aliais, cosplayers estavam incríveis! E de agora em diante eu vou sempre tocar nesse assunto: Os cosplayers precisam receber maior consideração dos eventos. Esses caras são um show à parte!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas o palco esquentou mesmo quando as bandas tocaram os anime songs e covers. Sendo que a grande atração foi a Senpai Old School , que conta com diversos instrumentos de sopro, criando um ritmo e uma pegada totalmente diferentes para as canções dos desenhos. E mesmo se apresentando nos dois dias manteve um setlist variado, sendo que no domingo recebeu vários convidados especiais, inclusive o vocalista da banda Sugoi que anunciou a volta deles.

Devo admitir que tenho um sentimento bairrista por esse evento e sai muito satisfeito dessa festa de aniversário, me sentindo um membro da família que acompanhou seu crescimento, seus deslizes e o recomeço nesses dez anos. E como um “parente” tenho orgulho e grandes expectativas futuras.