WCW, Witch Craft Works, Ayaka Kagari

Resenha – Witch Craft Works


WCW, Witch Craft Works

Autoria: Ryuu Mizunagi
Diretor: Mizushima Tsutomu ( Blood-C, Another, Prison School)
Estúdio: J.C.Staff ( Toradora!, Shokugeki no Souma, Bakuman)
Ano: 2014
Gênero: Ação, comédia
Classificação: +13
Capítulos: 12 + OVA
Baseado em mangá

Honoka Takamiya estava tendo um dia normal quando de repente um pedaço do prédio da escola despenca sobre sua cabeça e assim acaba a sua vidinha comum. Fim.

WCW, Witch Craft Works, Honoka Takamiya

Só que não…

Ele é salvo por Ayaka Kagari, que além de ser a garota mais linda e popular da escola, é também uma bruxa e com seus poderes de fogo ela derrota facilmente sua oponente Agora Takamiya se tornou uma “donzela em perigo”, mais especificamente uma princesa, que é como Kagari se refere a ele.

WCW, Witch Craft Works, Ayaka Kagari, Honoka Takamiya

Essa inversão de papel é muito engraçada, mas igual a outros exemplos de Resgate a Princesa, isso acaba se tornando chato depois de um tempo, Takamiya sempre é salvo por ela, ele sempre acaba fazendo merda e não serve de nada, ele só é tão importante por causa da coisa branca dentro dele e cada vez mais mulheres aparecem atrás disso. Calma, não é o que você está pensando! Ou será que é? Sem spoilers.

WCW, Witch Craft Works, Ayaka Kagari, Honoka Takamiya

Junto com o “herói” somos levados a uma guerra magica entre as Bruxas da Oficina (boazinhas) e as Bruxas da Torre (más).

Um conceito que eu achei muito bem bolado é a função das Bruxas da Oficina, o grupo, composto por várias mulheres, fazem um contrato com a cidade, protegendo as pessoas comuns com magia, assim independentemente do tamanho das batalhas os cidadãos não serão afetados e todos os danos são reparados, como se nada tivesse acontecido. Outra coisa legal, é que as mulheres sendo maioria nas irmandades, os poucos homens que estão dentro têm posições subordinadas. E do outro lado, temos as Bruxas da Torre, que costumam se vestir de branco e usam seus poderes ao seu bel-prazer, sem se importar com ninguém.

WCW, Witch Craft Works

O anime tem um humor bem descente, algumas partes são puxadas para o Ecchi, outras aborda superficialmente tortura e o forte sentimento que a irmã mais nova de Takamiya sente por ele.
E a parte artística é muito boa, com uma computação gráfica bem-feita, que inclusive nos confrontos, as vezes protagonizados por seres gigantes, chama mais atenção do que luta em si.

E WCW tem o fogo mais bonito que eu já vi em um desenho!

WCW, Witch Craft Works, Ayaka Kagari

O design de personagem também é muito bom, ambas facções têm ótimos personagens, infelizmente não em personalidades. Eu gostaria que tivesse mais material sobre algumas os poderes, história e motivações de algumas bruxas, por exemplo a Medusa, que é superforte mesmo com habilidades restritas. A mãe de Kagari, sua rival e respectivamente seus ajudantes, uma boneca cabeçuda e um Crocodilo de Paletó. E as Bruxas da Torre só servem de saco de pancada da Kagari.

Ayaka Kagari é ao mesmo tempo é a melhor e pior coisa do WCW, a relação dela com Takamyia é bem engraçada e aos poucos ela vai se entregando aos sentimentos, mas ela é muito Over Power, mesmo sem os poderes, serio, maioria das disputas não dá nem graça.

Witch Craft Works é um anime muito bonito, bem leve só para poder curtir descontrair, dar umas risadas, principalmente da relação entre os protagonistas, mas depois alguns episódios ele se torna um pouco cansativo, até pensei em desistir, mas decidi ver até o final, nem que fosse só para escrever essa resenha. É uma pena que o diversificado design de personagens acaba desperdiçado em meio a uma trama morna e rasa, que, fazendo uma relação à magia de reconstrução urbana das Bruxas da Oficina, não traz consequências e sim uma a sensação que nada mudou.

WCW, Witch Craft Works, Ayaka Kagari, Honoka Takamiya, beija ela logo, kiss her

Fontes: Wikipedia, MAL, Witch Craft Works Wiki

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s